Síria: Nove mortos em ataque aéreo contra hospital apoiado pela MSF

Homem consola uma criança após um bombardeio a um bairro da cidade síria de Aleppo. Foto: Thaer Mohammed/Arquivo/AFP
Homem consola uma criança após um bombardeio a um bairro da cidade síria de Aleppo. Foto: Thaer Mohammed/Arquivo/AFP

Nove pessoas, entre elas uma criança, morreram nesta segunda-feira em bombardeios, aparentemente da aviação russa, contra um hospital apoiado pela ONG Médicos sem Fronteiras (MSF) no norte da Síria, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

“Um edifício que abrigava um hospital apoiado pela MSF foi integralmente destruído nesta segunda-feira, certamente por aviões russos, em Hadiyé, localidade ao sul de Maaret al-Numan”, indicou o OSDH.

Os bombardeios também deixaram dezenas de feridos, segundo a ONG.

Um porta-voz da Médicos Sem Fronteiras em Paris confirmou que “um hospital apoiado pela MSF foi alvo de bombardeios aéreos” na região de Maaret al-Numan, 280 km ao norte de Damasco. O porta-voz não pôde dar até agora um balanço de vítimas.

A MSF ajuda 150 hospitais na Síria.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *