Últimas

Sites vinculados às eleições nos EUA estão cheios de armadilhas

Washington, 17 fev (EFE).- Os domínios de internet vinculados à campanha presidencial dos Estados Unidos se transformaram em um novo motivo de piada e diversão, já que, segundo revelou nesta quarta-feira o jornal “The Washington Post”, um click, por exemplo, na página “jebbush” leva, inevitavelmente, aos braços de Donald Trump.

Desde o dia 8 de dezembro, o domínio registrado sob o nome do ex-governador da Flórida e pré-candidato republicano à presidência redireciona o usuário, sem demora, para uma página de campanha do magnata do setor imobiliário, que lidera as pesquisas desde que lançou sua candidatura em junho.

O site oficial da campanha de Bush é “Jeb2016”, por isso o redirecionamento do outro site não é fruto de pirataria, segundo explicou o jornal americano, mas, provavelmente, produto de algum cidadão que comprou o domínio antes do início da campanha.

A porta-voz de campanha de Trump, Hope Hicks, negou à publicação “The Wall Street Journal” que sua equipe fosse responsável por essa “manobra digital”, mas, sem dúvida, agradeceu a quem quer que esteja por trás do site por sua ideia.

Devido a essa situação inusitada, outros internautas copiaram este tipo de piada.

No lado democrata, o endereço “hillaryclinton2016” leva a um site parecido com o ‘layout’ do jornal “Huffington Post”, até o ponto que alguns de seus links estão vinculados a artigos verdadeiros da publicação. No entanto, a manchete do artigo de capa diz: “Invenções de gênero de Hillary”.

O texto expõe uma série de críticas à ex-secretária de Estado e à sua defesa das mulheres como possível primeira presidenta dos Estados Unidos.

De acordo com o site “CNNMoney”, a maioria dos domínios vinculados ao nome de Hillary pertence a uma aposentada de 66 anos de idade, Janet Lacelle, que comprou “ElectHillary”, “ReelectHillary” e outros muitos similares há mais de uma década por apenas US$ 15 cada.

Com a campanha de Hillary agora em pleno auge, Janet está tentando vendê-los por milhares de dólares por página para compensar o trabalho de ter que renovar anualmente os pagamentos de cada um. No entanto, a aposentada ainda se lamenta por ter se esquecido de pagar pelo domínio “PresidentHillaryClinton”.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *