Últimas

Taxa de juros para o consumidor sobe em janeiro e é a mais alta em 11 anos

  • Getty Images

Os juros cobrados de consumidores subiram em janeiro e se tornaram os mais altos em 11 anos, desde 2005, mostra pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac) divulgada nesta quinta-feira (11). Os juros para empresas também subiram.

Os números são valores médios e podem variar para cada situação específica, porque os bancos oferecem taxas diferentes de acordo com o plano contratado pelo cliente e a relação entre eles (quem tem mais dinheiro no banco paga menos taxas).

Segundo a pesquisa, na média, os juros cobrados dos consumidores passaram de 7,55% ao mês (139,78% ao ano) em dezembro para 7,67% ao mês (142,74% ao ano) em janeiro.

A taxa média atual é a maior desde fevereiro de 2005.

Juros para empresas

Nos empréstimos concedidos a empresas, os juros médios, que eram de 4,27% ao mês (65,16% ao ano) em dezembro de 2015, passaram para 4,33% ao mês (66,31% ao ano) em janeiro.

É a maior taxa desde fevereiro de 2009.

De acordo com o diretor executivo de estudos e pesquisas econômicas da Anefac, Miguel José Ribeiro de Oliveira, a inflação elevada, o aumento de impostos e a alta no desemprego fazem o risco de inadimplência subir.

“O fato de que as expectativas para 2016 serem igualmente negativas quanto a todos estes fatores leva as instituições financeiras a aumentarem suas taxas de juros para compensar prováveis perdas com a elevação da inadimplência”, afirma.

Para especialista, o momento é bom para renegociar dívidas

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *