Terroristas do grupo Shebab assumem autoria de atentado contra avião na Somália

O grupo extremista somali shebab reivindicou neste sábado o atentado com bomba perpetrado em 2 de fevereiro contra um avião de passageiros da companhia aérea regional Daallo, que teve que realizar um pouso de emergência.

“Em 2 de fevereiro de 2016, o movimento dos mujahideen shebab realizou uma operação contra dezenas de espiões ocidentais e tropas turcas da Otan a bordo de um avião com destino a Djibuti”, disse o grupo em comunicado.

O avião, operado pela Daalo Airlines e voando de Mogadíscio para o Djibuti com cerca de 74 passageiros, aterrissou a salvo.

Imagens do avião mostram um buraco de cerca de um metro de diâmetro na fuselagem, pouco acima dos motores sob a asa direita.

O piloto conseguiu dar meia volta e aterrissar de emergência no aeroporto de Mogadíscio.

Um passageiro morreu no ataque – supostamente a pessoa que colocou a bomba – e outros dois tiveram ferimentos leves.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *