Últimas

Thalles chora após gol pelo Vasco e Jorginho o compara a um filho

Após dez meses, o atacante Thalles desencantou e marcou o segundo gol do Vasco na vitória por 2 a 0 sobre o Volta Redonda nesta quarta-feira. Criticado por alguns torcedores e com um histórico de “puxões de orelha” do técnico Jorginho, ele não se conteve e chorou logo após empurrar a bola para o fundo da rede.

Feliz pela atuação do jovem e, principalmente, pela dedicação que tem presenciado do jogador nos treinos, o treinador o comparou a um filho.

“Eu sou pai de quatro filhos e, quando vejo os mais jovens, que é o caso do Thalles, olho para eles como um filho. Eu amo meus filhos e, por amá-los, de vez em quando tenho que dar um puxão de orelhas, no modo de falar. E ele precisava dessa cobrança pública para que quem o encontrasse, falasse para ele se concentrar, ter disciplina. E estou vendo um Thalles muito diferente esse ano. A repreensão é, sinceramente, com amor. É muito fácil bater nas costas dele e dizer que está tudo bem. Ele foi chamado a atenção e está trabalhando muito firme. O choro dele é de alívio. Ele entrou, foi muito importante e obediente ao que pedi. Foi disciplinado taticamente e efetivo. Agora ele vem mais motivado ainda”, avaliou Jorginho.

O último gol de Thalles havia sido dia 16 de abril de 2015, contra o Rio Branco (AC), pela Copa do Brasil. Embora tenha marcado, ele deverá continuar como opção no banco de reservas no próximo domingo, no clássico com o Flamengo em São Januário.

O outro gol vascaíno nesta quarta-feira foi marcado pelo meia Nenê, de pênalti.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *