Últimas

"Tive que pular muro de 5 metros e fugir", diz Naldo sobre confusão em show

Naldo Benny fez um pedido de desculpas aos fãs após uma confusão generalizada durante show na noite de Carnaval, em Lambari, cidade localizada no Sul de Minas. O tumulto se iniciou porque o show teria começado com 30 minutos de atraso, e, revoltadas, algumas pessoas passaram a xingar e a jogar objetos contra o funkeiro.

“Cheguei ao show às 3h24. Não foi um atraso tão grave para as pessoas me xingarem tanto”, ressaltou ele, em entrevista concedida ao “Fantástico”, da TV Globo, neste domingo (14).

Mesmo com os ânimos alterados, Naldo tentou iniciar a sua apresentação, mas, poucos minutos depois, trocou insultos e ofensas com parte do público.

“Enfia o dedo no c* de vocês, seus filhos da p*ta”, exclamou o cantor para algumas pessoas da fila da frente. “Vocês sabiam que o show estava marcado para essa hora? Então vai se f*der, pega o dinheiro de volta, porr*! Vai tomar no teu c*”, prosseguiu o funkeiro, sempre vaiado.

Enfurecidos, foliões quebraram mesas e cadeiras e partiram para cima de Naldo. Os seguranças fizeram um cordão de isolamento na tentativa de protegê-lo. Tudo em vão.

Naldo fugiu por uma escada de emergência localizada atrás do palco e precisou pular um muro de cinco metros para não ser linchado. “Eu fiquei desesperado, os seguranças vieram para me defender, porque as pessoas estavam arrancando barras de ferro e estavam vindo com a intenção de me matar. Tive que pular um muro de cinco metros e fugir, porque houve um descontrole total”, relatou.

Segundo a emissora, Naldo e a equipe arrombaram o portão de uma escola, que fica ao lado do local do evento, onde se esconderam por cerca de duas horas até a chegada da polícia.

“Eu queria me desculpar com o meu público, com os meus fãs, me descontrolei, mas eu não fui para ser recebido daquela forma e não aceitei ser recebido dessa forma. Sou ser humano. Sei que não justifica, mas aqui corre sangue”, contou.

Havia 2 mil pessoas no local no momento do quebra-quebra. Algumas pessoas ficaram feridas levemente com a correria.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *