Últimas

Vilão em "A Regra do Jogo", ator se fantasia em bloco para não ser xingado

Com uma peruca black power perdida no meio do caminho e uma máscara prateada colocada para trás, o ator Osvaldo Mil chegou ao camarote Camarote 2222, em Salvador, depois de sair às ruas sem ser xingado, o que não acontecia há alguns meses.

Intérprete do violento Juca em “A Regra do Jogo”, o ator conta que tem sido bem assediado, só que mais para o mal do que para o bem. “Não tem um dia que eu saia de casa e não leve uma bronca. Eu não tenho sossego. Mandam eu parar de bater na Domingas ou me chamam de covarde. Queria brincar sem ouvir essas gracinhas e por isso escolhi o disfarce”, revela o ator, após sair no bloco Armandinho Dodô e Osmar.

Apesar de ser o sexto dia do Carnaval em Salvador, Osvaldo só consegui aproveitar o Circuito Barra Ondina na noite desta segunda-feira (8). “Eu gosto de muito de Carnaval e sou da pipoca, de ficar atrás dos trios mais de seis horas em um percurso. Sempre dou uma passada em um camarote para encontrar os amigos, mas onde eu me divirto é no meio da muvuca. Sou super a favor desses grandes artistas baixarem as cordas. Carnaval e uma festa popular”, diz o ator, que é baiano de Itabuna.

Questionado sobre o futuro de seu personagem, Osvaldo admite que não faz ideia, mas não espera por coisa boa. “Deve acontecer alguma coisa de ruim ou então nada. Ele pode ficar completamente sozinho, isolado. Seria um final chato, né? Mas que o Juca merece.”

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *