Últimas

Zuckerberg acha engraçado que pessoas não confiem no altruísmo de sua "internet" grátis

Da Redação do site Tudocelular.com.br

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, falou em uma entrevista no Mobile World Congress hoje, e na maior parte, a discussão principal não foi muito diferente de suas apresentações anteriores na conferência, que incluía algumas iniciativas recentes do Facebook. Mas Jessi Hempel da Wired, que moderou o bate-papo, também conduziu a conversa para a questão da recente proibição que a Índia impôs ao programa Free Basics, do Facebook (anteriormente conhecido por Internet.org).

Mark disse que é “meio engraçado” que as pessoas às vezes não confiem no fornecimento altruísta de acesso gratuito à internet. Em última análise, ele só tornar as pessoas on-line, que não teriam outra maneira de se conectar. Mas quando pressionado, ele acrescentou, “muita gente acha que as empresas não pensam outra coisa senão ganhar dinheiro”.

Eu não comecei o Facebook para ser uma empresa inicialmente… Eu queria conectar pessoas na minha faculdade. Indo adiante, percebi que criar uma empresa era a melhor maneira de obter um monte de gente para ir em direção um determinado objetivo.

Ele escreveu no mesmo tom em seu editorial após o Free Bascis ser banido da Índia Ao mesmo tempo, os defensores da neutralidade da rede tem razão para estar preocupados. Enquanto Free Basics é de fato um caminho para os muito obterem acesso, ele também restringe os usuários a uma versão muito limitada da web, controlada pelo Facebook.

Zuckerberg observou que plano ajudou a 19 milhões de pessoas a obter acesso no ano passado e muitos que usam acabam por se inscrever para o acesso mais expansivo. Acrescentou ainda que em cada país é diferente, e o que funciona em alguns, não funciona em outros.

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *