Últimas

Acusado de tentativa de homicídio na Uija vai a júri popular

Wellington Silva teria desferido golpes com instrumento pontiagudo em Clovis Silva, que sobreviveu aos ferimentos; decisão foi publicada nesta terça-feira (8) 

 

O réu Wellington Pedro da Silva, acusado de tentativa de homicídio contra Clovis Artur de Lima e Silva, no dia 13 de abril de 2014, no Núcleo Estadual de Assistência Socioeducativa (Neas), no bairro Tabuleiro do Martins, em Maceió, será levado a júri popular. A decisão de pronúncia, proferida pelo juiz Rodolfo Osório Gatto Herrmann, foi publicada no Diário da Justiça desta terça-feira (8).    

    De acordo com o Ministério Público de Alagoas (MP/AL), o crime teria sido executado por volta das 18h50, após réu e vítima terem, supostamente, aberto um dos cadeados de módulo da Unidade de Internação de Jovens e Adultos (Uija) e tentado fugir.

    Na ocasião, narra a denúncia do órgão ministerial, o réu teria, com o auxílio de um instrumento pontiagudo, desferido vários golpes contra a vítima, que só teria sobrevivido porque estava usando colete balístico e recebeu ajuda de terceiros.

    O processo tramita na 7ª Vara Criminal de Maceió, que ainda marcará a data do julgamento.

Matéria referente ao processo nº 0709724-65.2014.8.02.0001

Gildo Júnior – Dicom TJ/AL

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *