Últimas

Adolescente reconhece estuprador e diz que é o próprio pai

A jovem de 16 anos que foi sequestrada por quatro homens em um veículo não identificado por ela, prestou depoimento e disse à Polícia Civil que o estuprador era o próprio pai.

Ela confessou ao 52° DP, delegacia plantonista na Central de Polícia Civil, na noite de Segunda (29) e afirmou que o caso aconteceu em Limoeiro de Anadia e não em Arapiraca como havia sido divulgado na imprensa.

“Quando eu desci do ônibus em Limoeiro de Anadia um carro preto se aproximou de mim e um homem me puxou e me colocou dentro do carro e outro colocou um capuz na minha cabeça, não vi mais nada”, relatou.

A adolescente disse que o carro saiu da cidade e pegou uma estrada vicinal até uma casa.A colocaram no interior da residência e, em seguida, um homem entrou.

“Ele se aproximou de mim e tirou a minha roupa e começou a ter relação sexual comigo e como não ficou satisfeito me obrigou a fazer sexo oral nele”, narrou a menina.

Ela contou que o homem também usava um capuz na cabeça e não fala nada, ficava o tempo todo em silêncio. E disse que reconheceu que era o pai dela por causa de uma cicatriz que ele tem do pulso até a mão.

“Eu tentei empurrá-lo de cima de mim e gritei: painho”, contou a adolescente.

Ela disse que nesse momento o homem ficou paralisado e não respondeu nada. E continuou a estuprá-la.

Segundo a vítima, antes de o dia clarear, de segunda-feira (29) para terça-feira (1º), o homem ligou para alguém e disse que já tinha feito o serviço.

“Aí, eu tive a certeza de que era a voz do meu pai”, finalizou a queixa à polícia.
Por: 7 Segundos

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *