Últimas

Aécio, Serra e Gilmar Mendes falarão sobre crise brasileira em Lisboa

Lisboa, 28 mar (EFE).- Dois dos principais nomes da oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff, Aécio Neves e José Serra, e o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, participarão nesta semana em Lisboa de um seminário sobre a Constituição brasileira no contexto de crises políticas.

“A Constituição no contexto das crises políticas e econômicas” será o tema que reunirá dezenas de juristas e políticos de Brasil e Portugal na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, onde será realizado o seminário entre os dias 29 e 31 de março.

Em plena agitação política, econômica e social no Brasil, Gilmar Mendes será um dos principais nomes do congresso luso-brasileiro, depois que foi confirmado que o vice-presidente Michel Temer não estará presente como estava inicialmente previsto.

Mendes suspendeu no último dia 18 de março a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil, negando, além disso, o privilégio outorgado pelo cargo.

Deste modo, deixou sem efeito a nomeação de Lula como membro do gabinete da presidente Dilma Rousseff, com o argumento de que só pretendia blindar seu antecessor contra as investigações que enfrenta por supostos crimes de lavagem de dinheiro e falsidade ideológica.

Também está prevista para o dia do encerramento, 31 de março, a participação do presidente do PSDB e ex-governador de Minas Gerais, o senador Aécio Neves, que discursará em um painel com o título “Desafios dos Regimes Democráticos no Constitucionalismo Contemporâneo”.

Um pouco antes, outro dirigente do PSDB, o senador José Serra, falará sobre “os sistemas políticos avaliados em tempo de crise”.

No último dia do seminário e no mesmo painel que Neves, discursará um representante PT, o senador Jorge Viana, ex-governador do Acre e ex-prefeito de Rio Branco.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *