Últimas

Alunos fazem novo protesto contra "máfia da merenda" em SP

Estudantes secundaristas realizaram nesta terça-feira (29) um protesto contra a “máfia da merenda” e o fechamento de salas da rede estadual de São Paulo. Por volta das 17h10, os estudantes bloquearam a avenida Pedro Álvares Cabral, na zona sul da cidade. 

O ato começou às 13h, com concentração no cruzamento das avenidas Paulista e Brigadeiro Luís Antônio. Às 15h, eles estavam na altura do número 2.020 da Brigadeiro e caminhavam sentido à zona sul.

Por volta das 15h40, eles chegaram à Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), na zona sul da cidade. Os alunos entraram no prédio da Alesp e foram até a plenária, onde exibiram cartazes que diziam “CPI já!” e “Cadê a merenda?”.

Perto da Alesp, um grupo chegou a subir no Monumento às Bandeiras com uma faixa “Hoje a aula é na rua”.

Os estudantes reclamam que em várias escolas a merenda foi substituída por suco e bolacha.

Por meio da assessoria, a PM (Polícia Militar) confirmou que acompanhou o ato e não estimou a quantidade de alunos. A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) disse que os estudantes não chegaram a bloquear totalmente o trânsito durante o trajeto até a Alesp.

Na manhã de hoje, a Operação Alba Branca, do Minsitério Público, que investiga o desvio de dinheiro público destinado a merendas escolas, prendeu o ex-presidente da Alesp, Leonel Júlio, e mais seis investigados por fraude na merenda escolar. Também foi decretada a prisão do presidente da União dos Vereadores do Estado, Sebastião Miziara. A decisão é da Justiça de Bebedouro (a 381 km da capital), onde ficava a base da organização.

A Alba Branca aponta para o suposto envolvimento do atual presidente da Alesp, deputado Fernando Capez (PSDB), e de outros parlamentares. A investigação sobre Capez está em curso no Tribunal de Justiça do Estado.

O protesto desta terça-feira é o segundo realizado por estudantes secundaristas. Na semana passada, eles fecharam o cruzamento das avenidas Rebouças e Faria Lima, na zona oeste de São Paulo. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *