Últimas

Americano pega 22 anos de prisão por recrutar para Estado Islâmico

Mufid Elfgeeh. Foto: MONROE COUNTY SHERIFF'S OFFICE/AFP/Arquivos HO
Mufid Elfgeeh. Foto: MONROE COUNTY SHERIFF’S OFFICE/AFP/Arquivos HO

Um cidadão americano foi condenado nesta quinta-feira a 22,5 anos de prisão por tentar recrutar para o grupo Estado Islâmico (EI) informantes do FBI na Síria. Mufid Elfgeeh, 32 anos, natural de Rochester (Nova York) e definido pelos promotores como “um dos primeiros” recrutadores do EI nos Estados Unidos, também foi considerado culpado de proporcionar apoio material aos extremistas, em dezembro passado.

A promotoria assinalou que Elfgeeh fazia propaganda do EI nas redes sociais, buscava fundos para os extremistas e tratou de recrutar dois informantes do FBI para o grupo jihadista.

Elfgeeh comprou um laptop e uma câmera para os informantes recrutados e lhes deu informações sobre como viajar pela Síria sem ser detectados.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *