Últimas

Antaq confirma adiamento de leilão de portos

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) confirmou nesta segunda-feira o adiamento do leilão de portos marcado para a próxima quinta-feira. Uma falha no sistema da agência reguladora levou à falta de resposta de questionamentos enviados por consórcios interessados nas seis áreas em portos paraenses do certame.

Em nota, a agência informou que 48 pedidos de esclarecimentos não foram respondidos devido a problemas no sistema de informática do órgão regulador. De acordo com a Antaq, o prazo de impugnação dos editais será reaberto e um novo cronograma deverá ser anunciado, com o leilão previsto para acontecer nos próximos 30 dias.

As estimativas de receitas nos 25 anos de contratos dos terminais paraenses somam R$ 6,172 bilhões. Serão leiloadas duas áreas em Santarém, uma voltada para o embarque de soja e outra para minério de ferro. Em Outeiro serão três terminais idênticos para a movimentação de grãos. Já em Vila do Conde, o governo tentará leiloar o terminal para soja que não teve interessados no leilão de dezembro de 2015. Na ocasião, foram arrecadados R$ 430 milhões em outorgas com o arrendamento de três áreas no Porto de Santos (SP).

Setor privado
Segundo uma fonte do setor privado que atua no segmento portuário, o timing é desfavorável para esse tipo de operação. “O momento do mercado e do agronegócio mundial é conservador”, disse a fonte, pedindo para não ser identificada. Das seis áreas portuárias que seriam leiloadas nesta quinta-feira, cinco seriam utilizadas para a movimentação de grãos.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *