Últimas

Apelidado de Faraó, egípcio mastiga pregos e puxa caminhão com os dentes

  • Mohamed Abd El Ghany/Reuters

    Karim Hussein, 38, é o espetáculo do bairro pobre e superpovoado de Imbaba, na periferia do Cairo

    Karim Hussein, 38, é o espetáculo do bairro pobre e superpovoado de Imbaba, na periferia do Cairo

As ruas empoeiradas e esburacadas do bairro de Imbaba, na periferia do Cairo, no Egito, são o palco de Karim Hussein, 38, conhecido como “O Faraó”. Nelas, ele puxa caminhões usando os dentes, engole pregos, come carne crua e até se deita sobre cacos de vidro.

Mohamed Abd El Ghany/Reuters

Morador de Imbaba, na periferia do Cario, consegue puxar caminhões usando os dentes

Ele é atração no bairro pobre e superlotado, uma das poucas formas de entretenimento disponível aos moradores, que ficam fascinados com suas habilidades.

Ele conta que tem essa “super-força” desde que era menino. “Quando tinha entre sete ou oito anos, estava bebendo um copo de leite e ele se quebrou. Comecei a comer o vidro da minha mão. Até hoje como três a quadro xícaras de vidro de café da manhã”, conta. Faraó disse que um dia comeu a navalha do barbeiro.

Mohamed Abd El Ghany/Reuters

Karim Hussein conta que consegue digerir vidro e metal

Hussein disse que, ao notar que ele comia vidro, navalhas e mastigava pregos, os seus pais resolveram levá-lo ao hospital. “Eles me levaram para ver vários médicos e descobriram que posso digerir vidro e metal, como qualquer outro alimento”, disse.

Mohamed Abd El Ghany/Reuters

O egípcio consegue carregar um banco de madeira com os dentes e caminhas pelas ruas do bairro

Em determinado momento da apresentação, os filhos de Hussein se deitam de costas, sem camisa, sobre cacos de vidro, e o pai caminha sobre eles.

Com todo o seu show, ele espera ganhar notoriedade, ganhar dinheiro e doá-lo para algum orfanato ou hospital que trata crianças com câncer. (Com informações da Reuters)
 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *