Últimas

Após alta, Gilberto Gil fala sobre musical e momento político turbulento

O cantor e compositor Gilberto Gil falou em entrevista concedida à TV Globo sobre o musical que fará uma homenagem aos 50 anos de carreira e também comentou o momento político turbulento, entre manifestações e pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT)

À TV Globo, Gil evitou fazer críticas profundas a partidos ou políticos, mas não escondeu a sua frustração em relação ao momento atual. “Muitos equívocos do ponto de vista das atitudes… A gente fica frustrado quando as coisas não dão certo, não é? Quando as coisas não se caminham para o horizonte que a gente vislumbrou”, avaliou o cantor, que também foi ministro da Cultura por 4,5 anos no governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e o deixou em 2008.

Mesmo se recuperando de alta do Hospital Sírio-Libanês, local onde ficou internado por 13 dias com um quadro de hipertensão arterial, Gil disse está se recuperando bem e encarando a fase de envelhecimento. “Eu estou me cuidando, mas, ao mesmo tempo, encarando essa condição natural de envelhecimento, a idade chegando e as questões da saúde tendem aparecer”, contou.

Prestes a completar 50 anos de carreira, Gil será homenageado: oito atores irão se revezar em cena em “Gilberto Gil – Aquele Abraço, o Musical”, que faz uma homenagem aos 50 anos de carreira do cantor. A estreia aconteceu na última sexta-feira, no Teatro Procópio Ferreira, em São Paulo.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *