Últimas

App de paquera permite que usuárias espiem conversas das amigas em segredo

Embora sejam muito populares, aplicativos de paquera enfrentam um problema que vem se mostrando difícil de ser resolvido: o desnivelamento entre a quantidade de usuários masculinos e femininos. Na tentativa de equilibrar as coisas, surgiu um app que funciona da mesma forma que o Tinder, mas com um diferencial que, na visão dos desenvolvedores, favorece as mulheres.

O Boompi também permite que os usuários arrastem para esquerda e direita para mostrar aprovação ou desaprovação. A diferença em relação ao Tinder é que, quando partem para conversas privadas, as mulheres podem convidar as amigas para espionar o bate-papo de forma anônima.

“Boompi é o sonho de toda garota”, afirmou, em entrevista ao TechCunch, o fundador Alejandro Ponce. “Um app de descobrimento social no qual garotas podem adicionar as amigas secretamente num chat com um cara para fofocar e compartilhar sua opinião.”

Há até um “modo fantasma” para que mulheres se cadastrem no app com intuito único de espionar as conversas das amigas. Nesse modo, elas não entram nas buscas e não podem ser paqueradas.

“Um grande problema para aplicativos de paquera é que mais de 70% da base de usuários são homens”, lembrou Ponce, para quem a opção de espionagem tende a inverter o quadro. E os homens, acredita, virão mesmo sabendo que podem estar sob observação. “Garotos estarão onde quer que as garotas estejam”, afirmou.

O app está disponível para Android e iOS aqui.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *