Últimas

Argentina é libertada após passar 4 anos em cárcere privado

Uma argentina ficou quatro anos mantida em cárcere privado pelo próprio marido em Vassouras, município localizado no sul do Rio de Janeiro. A vítima, de 37 anos, foi libertada nesta terça-feira, 22, pela Polícia Militar.

A mulher ficava presa em um quarto na residência onde o casal vivia com os três filhos. Ela sofria agressões, era estuprada e obrigada a urinar e evacuar dentro de um pote. De acordo com o portal G1, os policiais descobriram o caso a partir de uma denúncia feita por um dos filhos do casal, uma adolescente de 13 anos.

Os agentes informaram que precisaram de seis homens para imobilizar o marido da vítima, um químico industrial de 38 anos. Os policiais também relataram que a vítima estava machucada, psicologicamente abalada e foi levada para o Hospital Universitário Sul Fluminense.

A mulher contou aos policiais que conheceu o marido na Argentina. Os dois estavam juntos havia 16 anos, mas o homem teria ficado violento há quatro. Ele foi encaminhado à 95ª Delegacia de Polícia (Vassouras) e vai responder por cárcere privado, tortura e estupro.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *