Últimas

Celpe retira três toneladas de cabos das ruas do Recife em dois meses

Desde julho de 2015, o número sobe para mais de oito toneladas de fios emaranhados ou desnivelados que foram retirados das ruas. Foto: Ricardo Fernandes/DP
Desde julho de 2015, o número sobe para mais de oito toneladas de fios emaranhados ou desnivelados que foram retirados das ruas. Foto: Ricardo Fernandes/DP

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) está intensificando as ações de ordenamento nas redes de telefonia e telecomunicações nos principais corredores viários do Recife. Nesta sexta-feira (11), a companhia informou que somente nos primeiros dois meses deste ano foram recolhidas três toneladas de cabos. Somados aos que foram coletados desde o início da ação, em julho de 2015, o número sobe para mais de oito toneladas de fios emaranhados ou desnivelados que foram retirados das ruas.

De acordo coma companhia, as operações, em parceria com empresas que compartilham os postes da concessionária, agora acontecem diariamente, tendo aos domingos, a conclusão do trabalho em regime de mutirão com equipes de todas as empresas envolvidas. No próximo domingo (13), serão finalizados os serviços na Rua Visconde de Albuquerque, na Madalena, Zona Oeste do Recife. A partir da segunda-feira (14), os técnicos começam a percorrer a Rua Padre Roma, na Tamarineira.

A previsão é que neste ano o trabalho de ordenamento passe por mais de 60 dos principais corredores de tráfego da capital pernambucana. Em alguns deles, a exemplo da Avenida Abdias de Carvalho, de onde foi retirada mais de uma tonelada de fios, as equipes realizam o trabalho por trechos, para evitar transtornos ao trânsito.

O objetivo da ação de ordenamento, na análise da Celpe, é diminuir o impacto visual provocado pelo desordenamento das redes de telefonia e telecomunicações e combater a prática de ligações clandestinas de energia, conferindo mais segurança à população. Os fios recolhidos ficam, inicialmente, armazenados em galpões da Celpe e, posteriormente, são encaminhados para descarte realizado pelas empresas identificadas como proprietárias dos cabos.

A exemplo do ano passado, as equipes cumprirão um cronograma tendo como principais atividades a remoção e o nivelamento de cabos de telefonia e de telecomunicação que não respeitam os padrões de segurança. Equipes da concessionária realizam ainda intervenções de manutenção na rede de distribuição, como podas de árvores, substituição de fios elétricos, instalação de espaçadores, além de inspeções para identificação de ligações irregulares.

Com informações da Celpe

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *