Chegada de imigrantes ilegais à Itália cresce 58%

ROMA, 29 MAR (ANSA) – Desde 1º de janeiro de 2016 até esta terça-feira, dia 29 de março, exatos 16.075 imigrantes ilegais desembarcaram na costa da Itália, número 58% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.   

Até esta manhã, 14.506 pessoas haviam chegado ao litoral italiano, mas outras 1.569 foram resgatados ao longo do dia, elevando o total para 16.075. As cifras incluem solicitantes de refúgio e eventuais imigrantes econômicos, ou seja, aqueles que deixam seus países por motivos financeiros, e não de perseguição.   

Atualmente, o sistema de acolhimento do país europeu abriga cerca de 108 mil imigrantes clandestinos e aproximadamente 10 mil menores de idade. Devido à sua proximidade com a África, a Itália é um dos focos da maior crise migratória desde o fim da Segunda Guerra Mundial.   

A maioria das pessoas que desembarcam em seu território é proveniente de nações desse continente, como Nigéria, Gâmbia, Senegal, Mali, Guiné, Costa do Marfim, Marrocos e Somália, nesta ordem. A parcela de sírios nesse contingente é pequena, já que os originários do país árabe preferem entrar na Europa pela Grécia. (ANSA)

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.
Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *