Últimas

Com pista molhada, Rosberg bate e Hamilton é o mais rápido na volta da F-1

Lewis Hamilton começou a busca pelo tetracampeonato na frente, liderando as duas primeiras sessões de treinos livres para o GP de abertura de temporada da Fórmula 1, na Austrália. Em sessões atrapalhadas pela chuva, o inglês não precisou dar muitas voltas para demonstrar sua supremacia, enquanto o companheiro Nico Rosberg acabou o segundo treino no muro.

Nico Hulkenberg, da Force India, foi o segundo colocado, à frente de Kimi Raikkonen, da Ferrari. O brasileiro Felipe Massa, da Williams, foi à pista apenas nos 10 minutos finais, junto de seu companheiro Valtteri Bottas, mas nenhum dos dois deu volta lançada. Já Felipe Nasr, da Sauber, a exemplo de seu companheiro Marcus Ercisson, sequer foi à pista no segundo treino livre disputado em Melbourne. A equipe divulgou que preferiu não andar devido à expectativa de pista seca para a corrida.

A exemplo do que aconteceu na primeira sessão de treinos livres, os pilotos demoraram a ir à pista devido à chuva, uma vez que a previsão é de que a pista continue molhada na classificação, mas não durante o GP.

O primeiro a aparecer foi Daniel Ricciardo, com mais de 20 minutos de treino. O australiano foi acompanhado do companheiro de Red Bull, Daniil Kvyat, e de Nico Rosberg, da Mercedes. O alemão cometeu um erro, perdeu o controle e bateu. O vice-campeão do ano passado tentou retornar aos boxes, mas a equipe lhe pediu para parar o carro no meio da pista.

Com o sol aparecendo e a pista melhorando, Fernando Alonso chegou a marcar o melhor tempo a bordo da McLaren. A festa do espanhol durou pouco e Kimi Raikkonen tomou a ponta com a Ferrari.

Com uma hora de sessão, sete dos 22 pilotos sequer tinham ido à pista, incluindo os brasileiros Felipe Massa e Felipe Nasr e o líder do primeiro treino, Lewis Hamilton. Como a pista estava seca no segundo setor e molhada nos dois primeiros, o temor era com o desgaste dos pneus intermediários, uma vez que cada piloto tem direito a apenas quatro jogos durante o final de semana.

Com menos de meia hora para o final, Hamilton foi à pista para marcar o melhor tempo, superando Raikkonen em 645 milésimos. Demonstrando que a pista tinha melhorado, logo depois Nico Hulkenberg também tomou o segundo posto do finlandês. Logo depois, contudo, voltou a chover e os pilotos começaram a ter dificuldades para controlar seus carros.

O terceiro treino começará à meia-noite do sábado e a classificação será às 3h da madrugada. A corrida está marcada para as 2h do domingo, pelo horário de Brasília.

Confira a classificação da segunda sessão de treinos livres do GP da Austrália

1. Lewis Hamilton (ING/Mercedes-Mercedes) 1m 38.841s
2. Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) 1m 39.308s 
3. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari-Ferrari) 1m 39.486s
4. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer) 1m 39.535s
5. Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso-Ferrari) 1m 39.786s
6. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda) 1m 39.895s
7. Jenson Button (ING/McLaren-Honda) 1m 40.008s
8. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari-Ferrari) 1m 40.761s
9. Sergio Perez (MEX/Force India-Mercedes) 1m 41.256s
10. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull-TAG Heuer) 1m 42.411s
11. Esteban Gutierrez (MEX/Haas-Ferrari) 1m 42.891s
12. Pascal Werhlein (ALE/Manor-Mercedes) 1m 43.401s
13. Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari) 1m 43.731si
14. Rio Haryanto (INA/Manor-Mercedes) 1m 44.304s
15. Nico Rosberg (ALE/Mercedes-Mercedes) 1m 47.356s
16. Kevin Magnussen (DIN/Renault) sem tempo
17. Jolyon Palmer (ING/Renault)  sem tempo
18. Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes)   sem tempo
19. Vallteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes)  sem tempo
20. Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)   sem tempo 
21. Felipe Nasr (BRA/Sauber-Ferrari)  sem tempo
22. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso-Ferrari) sem tempo

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *