Últimas

Comparativo: Xperia M5 vs Moto X (2ª ger.)

Da Redação do site Tudocelular.com.br

Sim, o Moto X de segunda geração já não é o smartphone mais recente que você conhece, mas ele está – agora – em um patamar onde os dispositivos de médio para alto custo mais recentes chegam bem perto. Resolvi pegar um deles, o Xperia M5, para ver se realmente vale a pena pagar mais e levar um modelo mais recente, ou se o flagship de 2014 ainda tem fôlego, principalmente depois de seu preço cair bastante.

Design

A Sony conta com linhas bem demarcadas e que deixam claro que um visual mais sóbrio é mais amado, deixando de lado qualquer ergonomia ou conforto na hora de encaixar a mão no dispositivo – mas, por outro lado, ele é bonito como poucos Androids conseguem. O Moto X conta com linhas mais curvadas e uma traseira que consegue encaixar bem a mão do usuário, principalmente se você levar para casa o modelo em couro, ou em plástico, que são mais aderentes do que o bambu. Por ter bordas mais finas e ficar mais confortável na mão, sem abrir muito da beleza, o Moto X é o vencedor por aqui.

Hardware

Temos por aqui muita diferença, principalmente pela fabricante do processador: Qualcomm no Moto X e MediaTek, no Xperia M5. Os números são bem diferentes entre ambos (é só clicar na tabela comparativa que está no primeiro link, para todos os dados completos), mas no cotidiano esta diferença fica quase que inexistente. Abrindo alguns apps como o Facebook, Twitter e Instagram, os dois modelos abriram quase que todos ao mesmo tempo. A diferença maior ficou no Twitter, que abriu antes no Moto X, com uma diferença grande entre ambos. Em jogos, o Real Racing 3 abriu primeiro e carregou a pista de forma mais veloz no Moto X, mas a taxa de quadros por segundo ficou muito próxima em ambos os lados e isso garante uma jogatina bem semelhante – com todos os gráficos no máximo.

No sistema operacional, os dois mostraram muita competência ao manter a fluidez do Android mesmo com muitos apps abertos ao mesmo tempo. Não foram notados engasgos, mesmo depois de algumas horas de uso.

Câmera

A Motorola apenas aprendeu a trabalhar no sensor de imagens, nos modelos do final do ano, deixando todos os outros com uma experiência bem abaixo da concorrência. Não é diferente por aqui, quando temos o Xperia M5 com fotos melhores em ambientes com boas condições de luz, como em ambientes mais escuros. Outro ponto onde o Moto X perde é na câmera frontal, onde a qualidade, ângulo de visão e resolução são muito melhores no dispositivo da Sony. Para finalizar, o aplicativo que controla a câmera é mais completo no Xperia M5, oferecendo até alguns controles manuais e uma série de cenários para controle automático de recursos.

Conclusão

Quando olhamos a semelhança em hardware e pequena diferença na pegada, mas uma diferença grande na câmera, temos que olhar também para o custo-benefício e, neste ponto, a Motorola ganha fácil. O Moto X de segunda geração é encontrado, no melhor preço, por R$ 900 mais barato do que o melhor preço do Xperia M5. As melhorias na câmera não justificam esta diferença tão grande, o que faz o Moto X como nosso campeão – perdendo apenas na câmera e na falta de suporte para cartões microSD.

(atualizado em 08 de março de 2016, às 16:34)

Fonte: Tudocelular.com.br
Notícia originalmente postada pelo site Tudo Celular.

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *