Concurso que elege musos fitness tem busca por fama e flerte nos bastidores

Muita malhação, disciplina e litros de whey protein, assim foi a preparação da maior parte dos 91 candidatos e candidatas que disputaram o concurso Garoto e Garota Fitness 2016, que aconteceu na noite desta quarta-feira (22) em São Paulo. Ostentando músculos, peitorais definidos, coxas e bumbuns torneados sem celulites – na sinceridade, nem todos – os participantes deixaram a vergonha de lado e desfilaram apenas de sunga ou biquíni para o público.

Felipe Abílio /UOL

Felipe faz os últimos exercícios antes de se apresentar

Felipe Gibran, de 23 anos, assumiu a pouca experiência em concursos, mas decidiu disputar por objetivos pessoais.

“Fiquei sabendo de última hora e cai meio de paraquedas aqui, mas já treino há oito anos e meu objetivo aqui é conseguir um patrocínio e oportunidades. Para estar aqui você tem que gostar do esporte, bodybuilder não é para qualquer um, tem que ter vontade, disciplina e determinação, além de muita paciência e acreditar em você”.
A candidata Lígia Baroni, de 29 anos, já trabalha como personal trainer e viu no concurso a oportunidade de bombar a carreira.

“Quero ter um nome reconhecido no mercado para não ser só a Lígia, quem ganha consegue patrocínio de suplementos, roupas, vem muitas oportunidades”.
Com a onda fitness que invadiu o mundo e os perfis das redes sociais de um tempo para cá, é difícil para uma pessoa comum diferenciar um corpo bonito e torneado de um atleta que realmente leva a sério todo o treino e disciplina, porém a análise é feita com facilidade pelo educador físico Felipe Franco, marido de Juju Salimeni, que já ganhou o concurso em 2011.

“Vejo que tem algumas pessoas que tem nível de condicionamento muito maior, mas tem as pessoas que vieram de embalo também. Acredito que seja questão de oportunidade para a ter a visibilidade, você acredita que esta com o corpo bom e vem, eu também já fiz isso no início, achava que estava bem e acabei em oitavo lugar, mas foi um momento que busquei outros caminhos para ter mais resultados”, explicou.

Nos bastidores, enquanto aguardam o momento de ter seu minuto para brilhar para o público e jurados, alguns se se exercitam para dar aquela “calibrada” final nos músculos enquanto outros retocam a maquiagem e dá os últimos toques no cabelo fazendo com que o espelho seja o lugar mais disputado entre tantos egos com sede de vitória. E se vencer o concurso está em primeiro plano, em segundo e terceiro tem trocas de olhares, azaração e muita paquera entre eles.

Felipe Abílio /UOL

Camila diz que não paquera, mas vê muita gente nos olhares

“Sempre rola uma paquera sim, sem dúvida”, admitiu Lígia. Já a candidata Carolina Bicudo só observa. “A galera paquera mesmo, sempre tem alguma coisa, mas eu fico na minha porque namoro”.
Antes do desfile dos cinco finalistas, os jurados avaliam bem cada quesito para então escolher os ganhadores. Junior Moreno, embaixador do concurso e jurado, participou cinco vezes antes de levar o título em 2013.

“Os critérios básicos são carisma, simpatia e principalmente a forma física para ver se tem todo um conjunto harmônico . Hoje foi um dos concursos que eu mais gostei, o pessoal estava muito bem preparado. Participei cinco vezes para ganhar um título”.
Depois da última pisada dos candidatos na passarela, a apresentadora do concurso Aline Mineiro, panicat do programa “Pânico”, fez suspense com uma trilha sonora bem adequada: Carmina Burana – “O Fortuna” (óbvio!).

Representante de São Paulo, Erika Maruyama de 33 anos, comemorou o título Garota Fitness 2016 com a grande torcida que estava presente gritando seu nome. “Essa é a minha energia, é difícil vir numa quarta-feira, mas muita gente veio, eles me ajudaram a vencer. Já participei sete vezes, na segunda vez tinha ficado em segundo lugar e agora ganhei. Quero ser o biotipo de saúde, que disseminar isso, porque na infância era muito doente, tive epilepsia abdominal, nada parava dentro do meu corpo, quase morri e hoje estou aqui”, comemorou. “Quero fama, mas com dinheiro, não quero ser famosa pé rapada, não dá”, brincou.

Kaio Ferlete, que trabalha como vendedor, chorou ao ser escolhido o Garoto Fitness 2016 e contou que ficou mais de 36 horas sem tomar água antes do concurso. “Há quatro horas só como chocolate porque ajuda a secar e dilatar as veias, quero tomar uns seis litros de água e comer”.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *