Contra assédio, SBT pretende blindar talentos de 'A Praça é Nossa' com contrato fixo e multa rescisória

Para conter o assédio da Globo aos integrantes do casting de humoristas de “A Praça é Nossa”, o SBT pretende rever os contratos dos artistas mais importantes, com contrato por prazo estipulado e multa contratual em caso de rescisão. A informação é manchete da coluna Canal 1, assinada pelo jornalista Flávio Ricco.

Recentemente, a emissora perdeu Saulo Laranjeira para a Rede Globo, onde irá atuar na novela “Velho Chico”. Ele interpretava o personagem João Plenário, o mais antigo da atração de Carlos Alberto de Nóbrega, com mais de 20 anos no ar.

A iniciativa de se oferecer contrato fixo para alguns talentos da “Praça”, pode render ciumeira para outros integrantes que podem se sentir desprestigiados, analisou também o colunista.

Fonte: SBTpedia (www.sbtpedia.com.br)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *