Últimas

Deivid evita falar em mistério, mas não revela o time para o clássico

O time do Cruzeiro que vai enfrentar o Atlético-MG neste final de semana não foi revelado pelo técnico Deivid. Por três dias neste meio de semana, o comandante fechou parte dos treinamentos e escondeu os prováveis substitutos de Alisson e Arrascaeta, que estão servindo a seleção olímpica e a uruguaia. Nesta sexta-feira, o técnico negou que as atividades realizadas com os portões fechados sejam para fazer mistério na véspera do jogo, mas sim para aprimorar possíveis jogadas com o objetivo de surpreender o rival.

– Não é mistério. A gente pensou em colocar os jogadores para dar entrevista antes do treino pra vocês acompanharem o aquecimento e a gente ficar mais à vontade para acompanhar alguma jogada ensaiada e gritar mais dentro do campo. Em semana de clássico, optamos por ficar mais à vontade. Mas isso não vai fazer a gente ganhar ou perder o jogo. Já ganhei e perdi clássicos com portões fechados. A ideia é ter mais privacidade – comentou.

Para a vaga de Alisson, a tendência é de que o também velocista Élber fique com o posto. Já para o lugar de Arrascaeta, a briga é um pouco mais acirrada. Pisano e Allano surgem como os favoritos, mas o jovem Alex corre por fora.

– O Allano tem chance também. Estou testando vários jogadores que têm condições físicas e técnicas para jogar. O Alex entrou muito bem, o Pisano entrou muito bem no último jogo. O Rafael Silva e o Coutinho têm características diferentes, então estou tentando achar a melhor solução pra que a gente possa entrar bem armado domingo.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *