Deivid vence Robinho no Mineiro, mas deixa provocação para outro clássico

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Deivid, técnico do Cruzeiro

    Deivid, técnico do Cruzeiro

Deivid não queria conversa com o amigo Robinho antes do clássico desse domingo (27), no estádio Independência, que terminou com vitória do Cruzeiro. A intenção do treinador era procurá-lo somente após a partida para bater papo. Eles até se cumprimentaram, mas sem gozações ou provocações. O treinador espera os desdobramentos do Campeonato Mineiro para poder brincar com o ex-companheiro de Santos.

A vitória deixou o técnico do Cruzeiro animado, mas ele prefere esperar o final da competição estadual para fazer brincadeiras com o amigo.

“Ainda não (houve algum tipo de brincadeira com o Robinho devido à vitória), temos muito chão para percorrer. Não ganhamos nada, temos que ter tranquilidade. Nós ainda não ganhamos nada”, afirmou.

Deivid ainda relata o teor da conversa que teve com o Rei das Pedaladas. O comandante cruzeirense pediu ao jogador para não cumprimentá-lo na área técnica, mas o dono da camisa 7 do Atlético-MG não resistiu.

“Eu falei com ele: “Não vem me cumprimentar não, depois do jogo a gente conversa”. Ele não aguentou e foi lá. É um grande amigo, eu o vi desde os 16 anos no Santos. Hoje nós estamos em lados opostos. Eu no Cruzeiro e ele no Atlético, mas é uma rivalidade sadia”, declarou.

A dupla deve se reencontrar ainda na fase final do Campeonato Mineiro. No primeiro jogo, Deivid levou a melhor. Mas quem vai se destacar no próximo?

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *