Delcídio x Mercadante: como o senador interpretou "a mensagem" do ministro

Em um dos depoimentos que prestou aos investigadores da Operação Lava Jato, o senador Delcídio do Amaral (ex-PT-MS) afirmou que “não tem dúvida” de que o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, agiu sob orientação da presidente Dilma Rousseff (PT) para tentar evitar que Delcídio fechasse o acordo de delação premiada.

Em nota, Dilma afirmou que repudia qualquer tentativa de envolvê-la em uma “iniciativa pessoal” do ministro da Educação.

Ouça trechos da conversa entre Mercadante e José Eduardo Marzagão, assessor de Delcídio.

“Vai sobrar uma responsabilidade para ele monumental”

“Não me adianta pedir para fazer o que não posso”

“Você tem que me dizer no que posso ajudar”

“Que se crie um argumento para ele não ficar preso”

“Delcídio está precisando de apoio pessoal e político”

“Vou tentar ajudar porque achei um absurdo”

“Eu posso tentar ajudar nisso aí no Senado”

“Como o Renan vai se mexer se ele está acuado?”

‘Ofereci ajuda solidária diante de uma tragédia pessoal’

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *