Últimas

Denúncias de funcionários fantasma na Santa Mônica serão apuradas pelo MP

A Promotoria de Justiça Coletiva da Fazenda Pública Estadual determinou a abertura de um Procedimento Administrativo para apurar informações contidas em uma representação enviada ao Ministério Público Estadual (MPE) sobre irregularidades na Maternidade Santa Mônica.

A portaria foi publicada no Diário do Oficial do Estado, nesta quarta-feira (16). Na representação consta que entre as irregularidades mantidas dentro da unidade, está a presença de funcionários fantasma na folha de pagamento.

Além disso, alguns foram criados alguns cargos temporários, que deveriam ser ocupados por servidores efetivos.  O prazo para conclusão da apuração no procedimento administrativo é de 30 dias.

A Maternidade Santa Mônica é referência em todo o estado no atendimento a gestantes de risco e no tratamento de bebês prematuros.

 

Por Gilca Cinara

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *