Últimas

Direção do Inter evita detalhar reforços e define Brasileiro como prazo

O diretor de futebol do Inter, Marcos Marino, mudou o tom do presidente Vitório Píffero. Em vez de afirmar que três reforços estão acertados e o número pode chegar a cinco, como fez o mandatário, o dirigente evitou detalhar reforços e definiu o Brasileirão como prazo para novos jogadores. 

“Não trabalhamos com prazo, estamos mapeando o mercado para trazer os jogadores para o Campeonato Brasileiro”, disse Marino em entrevista coletiva. 

O vice de futebol vermelho, Carlos Pellegrini, está na Europa para definir a contratação do meia colombiano Quintero. O jogador está acertado com o clube gaúcho. Além disso, pode tentar outros contatos. 

Em outra ponta de negociações, o Inter tem um representante em Pernambuco para conversar de perto com o goleiro Danilo Fernandes, do Sport. 

Seijas, do Santa Fé, da Colômbia, também está nos planos, mas a negociação é a menos avançada no momento. Outro nome já está na mira para caso este atleta não se acerte. 

“Entendemos a ansiedade da torcida. É o trabalho da imprensa perguntar. Mas o Pellegrini (Carlos) está buscando trazer o melhor para o nosso clube. Estamos trabalhando muito”, completou Marino. 

O Inter venceu o Brasil de Pelotas pelo placar de 4 a 1 nesta quinta-feira. O resultado colocou o time em terceiro na primeira fase do Gauchão. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *