Dono de redes de fast food quer substituir funcionários por robôs

Muitas pesquisas já alertam que os robôs podem acabar ocupando posto de trabalho no futuro e os empresários já estão considerando em realizar a troca. O CEO da CKE Restaurants, dona das redes de fast food Hardee’s e Carl’s Jr – que tem unidades no Brasil – afirma que quer substituir os funcionários dos restaurantes por máquinas.

Andy Puzder revelou que, em breve, irá implementar uma operação livre de trabalhadores humanos. “Eu quero tentar”, disse o executivo que foi inspirado pelo Eatsa, um restaurante que emprega apenas algumas pessoas para trabalhar na cozinha, enquanto todo o procedimento de atendimento é robotizado.

Embora alguns possam se preocupar que isso iria proporcionar uma experiência impessoal, Puzder argumenta que esse é o ponto. “A geração Y não quer ver pessoas. Eu realmente vi jovens em uma fila de espera de um quiosque, onde geralmente há uma pessoa atrás do balcão, à espera de ninguém”, afirma sobre a experiência que teve no Eatsa.

Além de eliminar custos com salários, o executivo defende que os robôs são sempre educados, nunca faltam ou chegam atrasados, não tiram férias, ficam doentes ou sofrem discriminação racial; basicamente, são um ponto final nos processos trabalhistas.

Via Fortune

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *