Últimas

Em situação confortável, Barça tenta manter "sina" do Arsenal na Champions

Barcelona/Londres, 15 mar (EFE).- Com a vantagem de ter vencido o jogo de ida por 2 a 0 em Londres, o Barcelona tentará nesta quarta-feira se classificar para as quartas de final da Liga dos Campeões pela nona vez seguida e ainda fazer com que o Arsenal caia novamente nas oitavas, o que vem acontecendo desde 2011.

O Barça não sabe o que é ficar fora da lista de oito melhores da ‘Champions’ desde a temporada 2006/2007, quando foi eliminado pelo Liverpool devido ao critério do gol fora de casa. Os ‘Gunners’, por outro lado, deixaram o torneio na fase atual nas últimas cinco edições, uma delas, em 2011, justamente para o time catalão.

Na ocasião, a equipe da capital britânica até venceu por 2 a 1 no estádio Emirates na primeira partida, mas deixou a Liga com uma derrota por 3 a 1 no Camp Nou, palco do duelo desta quarta.

Não é apenas o retrospecto na competição que favorece ao Barcelona. O time dirigido por Luis Enrique vem em uma sequência de 37 jogos de invencibilidade, lidera o Campeonato Espanhol com oito pontos de vantagem para o segundo colocado, o Atlético de Madrid, e está na final da Copa do Rei.

Já o Arsenal perdeu fôlego no Inglês, em que tentar quebrar um jejum de 12 anos sem títulos. Os ‘Gunners’ ocupam a terceira colocação, com 11 pontos a menos e um jogo a mais que o líder Leicester.

Outro ponto a favor dos donos da casa é a lista de desfalques. O Barça terá apenas duas baixas, a do zagueiro Piqué, suspenso, e a do meia Rafinha, que está afastado dos gramados desde setembro devido a uma lesão no joelho.

Quem formará dupla de zaga com Mascherano provavelmente será Mathieu. O restante do time titular deverá ser o mesmo da maioria dos jogos nesta temporada.

No Arsenal, o zagueiro Laurent Koscielny será dúvida até horas antes da partida e, caso não posso atuar, dará lugar ao brasileiro Gabriel Paulista. Já o goleiro Cech, os meio-campistas Ramsey, Cazorla e Wilshere e o atacante Oxlade-Chamberlain são desfalques certos.

“Queremos fazer com que o impossível seja possível. Sabemos que jogamos contra uma equipe de muita qualidade, mas é importante que estejamos concentrados e respondamos bem”, disse o técnico Arsene Wenger.

Wenger vive um dos momentos mais duros desde que chegou à equipe de Londres, há 20 anos. Além da distância para o líder do Inglês, o Arsenal não chegou à final da Copa da Liga Inglesa e foi eliminado da Copa da Inglaterra pelo Watford no último fim de semana.

Prováveis escalações:.

Barcelona: Ter Stegen; Daniel Alves, Mascherano, Mathieu e Jordi Alba; Busquets, Rakitic e Iniesta; Messi, Neymar e Suárez. Técnico: Luis Enrique.

Arsenal: Ospina; Bellerín, Mertesacker, Gabriel Paulista (Koscielny) e Monreal; Coquelin, Elneny e Özil; Sánchez, Campbell e Welbeck. Técnico: Arsene Wenger.

Árbitro: Sergei Karasev (Rússia), auxiliado pelos compatriotas Anton Averianov e Tikhon Kalugin.

Estádio: Camp Nou, em Barcelona.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *