'Estamos andando no ritmo da Williams', afirma piloto da Renault

  • Rob Griffith/AP

Depois da própria Williams revelar a surpresa com o ritmo demonstrado pelos rivais, especialmente a Toro Rosso, na primeira etapa da temporada da Fórmula 1, disputada na Austrália, a Renault também se colocou no mesmo nível do time de Felipe Massa e Valtteri Bottas. Pelo menos é o que defende o piloto Kevin Magnussen.

O dinamarquês teve sua prova complicada em Melbourne por um toque com Jenson Button logo na primeira volta, mas andou próximo de Bottas – que largara em 16º devido a uma punição pela troca de câmbio – ao longo da corrida e ficou satisfeito com o ritmo que conseguiu imprimir.

“Temos uma boa base e algo que pode realmente dar certo. Eu não tive uma boa corrida na Austrália, mas estou muito feliz com nosso potencial para o resto da temporada.Tivemos um bom ritmo, perto da Williams e talvez ainda mais rápido”, afirmou, reconhecendo que isso surpreendeu o time.

“Nós não achávamos que chegaríamos no ritmo do top 10, mas no final nós conseguimos. Acredito que poderíamos estar nos pontos se eu não tivesse tido um pneu furado, mas acontece. É muito encorajador para o resto da temporada.”

A Renault está voltando neste ano como construtora e enfrentou diversos problemas na pré-temporada. Porém, a performance da Austrália animou Magnussen para o restante do ano.

“É muito claro que nossa equipe é uma das melhores da Fórmula 1”, disse Magnussen. “Talvez não em termos de ritmo por enquanto. Sabemos onde estamos e não estamos satisfeitos com isso, mas quando tivermos um carro mais rápido, estaremos lá na frente.”

A segunda etapa do campeonato será disputada neste final de semana, no Bahrein, com largada ao meio-dia do domingo.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *