Últimas

Europeus doam 1,14 milhão de euros para retorno voluntário de imigrantes

Bruxelas, 31 mar (EFE).- A Comissão Europeia (CE) concedeu 1,14 milhão de euros de assistência de emergência para o retorno voluntário de imigrantes irregulares desde a Itália para seus países de origem, informou nesta quinta-feira o Executivo comunitário.

Bruxelas deu esta ajuda à Organização Internacional para a Imigração (IOM, por sua sigla em inglês) para estabelecer um esquema de Retorno Voluntário Assistido e de Reintegração para a Itália.

Este sistema se dirige em particular a imigrantes irregulares que desejam retornar desde a Itália a seus países de origem, a fim de facilitar informação sobre as opções de volta voluntária e assistência no processo de retorno.

A OII apoiará a reintegração dos imigrantes em seus países de origem mediante assistência à habitação, educação, formação profissional e ao emprego, como maneira de dissuadí-los na hora de realizar mais viagens irregulares, segundo a CE.

Os 1,14 milhão foram concedidos no marco do Fundo de Asilo, Migração e Integração (AMIF) e serve de ponte financeira até que a Itália estabeleça um esquema permanente de retorno voluntário como parte de seu programa nacional.

A assistência total concedida à Itália desde 2014, lembrou Bruxelas, alcança os 22 milhões de euros.

A esse país foram atribuídos 593 milhões de euros no período 2014-2020 para seus programas nacionais sob o AMIF (348 milhões de euros) e o Fundo de Segurança Interna (245 milhões de euros).

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *