Últimas

Exames de rotina adiam saída de Pezão para comemorar aniversário em casa

O governador Luiz Fernando Pezão, que se licenciou nesta segunda-feira do cargo para tratamento de um câncer e se submeterá nos próximos oito meses a sessões de quimioterapia não terá alta amanhã para passar o aniversário de 61 anos em casa com a família, como estava planejando. Pezão foi diagnosticado na semana passada com um câncer não Hodgkin, que atinge o sistema linfático e afeta o sistema de defesa do organismo.

De acordo com a equipe médica, o governador está animado, dormiu bem e está se alimentando normalmente. Pezão terá de se submeter ainda a dois exames de avaliação, após a primeira fase do tratamento  para saber como reagiu o organismo: um ecocardiograma e um raio X do tórax. Internado desde o dia 12 de março no Hospital Pró-Cardíaco, o governador deve ter alta nesta quarta-feira.

Neste domingo, Pezão encerrou a primeira etapa do tratamento quimioterápic. Serão de seis a oito ciclos de 21 dias, sendo três dias de quimioterapia e 18 dias de descanso.

Pezão reagiu bem à primeira etapa de combate a um linfoma que se manifestou em duas vértebras de sua coluna vertebral. As três sessões de quimioterapia iniciadas sexta-feira foram feitas no quarto do hospital onde ele está internado, por meio de um cateter implantado na altura da clavícula.

O vice-governador Francisco Dornelles assumiu hoje o governo do Estado do Rio de Janeiro. Ele ficará no cargo 30 dias, período da licença médica de Pezão. O governador, que se encontrou com Dornelles neste domingo, disse que, mesmo licenciado, manterá uma rotina diária de trabalho com o governador em exercício e o secretariado. “Vou manter essa dinâmica, trocando mensagens ou me reunindo pessoalmente, quando necessário. Nada muda no governo”.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *