Fabricação de videogames no Brasil caiu 10% em 2015

A crise econômica e política pela qual atravessa o Brasil também se reflete na fabricação nacional de videogames, cuja produção caiu 10,03% em 2015, quando comparada ao ano anterior. Foram fabricadas 929.181 unidades de “Telejogo”, nome dado ao setor pela Suframa, Superintendência da Zona Franca de Manaus.

“Os números refletem, principalmente, a readequação dos investimentos das empresas do setor”, explica José Jorge do Nascimento Júnior, coordenador-geral de Acompanhamento de Projetos Industriais da Suframa.

Se a produção caiu, por outro lado o faturamento aumentou 58%, chegando a US$ 1 bilhão. Contudo, a explicação para a performance está na questão cambial, devido ao aumento do dólar.

São fabricados no Brasil, atualmente, PlayStation 3 e PlayStation 4, de Sony, além do Xbox 360 e do Xbox One, da Microsoft. Há ainda outras empresas menores que fabricam “telejogos” na Zona Franca de Manaus, tais como a Tectoy.

Mês passado o GFk revelou que, em 2015, o mercado de varejo de games recuou 17,7% no Brasil quando comparado a 2014. Segundo o instituto de pesquisa, a expectativa é que em este ano, com uma base instalada cada vez maior de Xbox One e PS4, e uma série forte de lançamentos, o mercado volte a ganhar força.

Vale reforçar que o GFk acompanha apenas as maiores revendas do mercado de varejo, portanto as transações digitais, sejam vendas de jogos ou microtransações, não são levadas em conta.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *