Últimas

Facebook quer saber como a família influencia na escolha por uma profissão

A equipe de pesquisa e estatística do Facebook publicou esta semana mais um estudo curioso com base em seus milhões de usuários. A rede social analisou mais de 5 milhões de pessoas que identificam suas profissões e seus familiares no perfil para descobrir se, afinal, a família tem alguma influência na escolha de uma profissão.

Basicamente, o que o Facebook fez foi comparar a carreira de pais e seus filhos, assim como entre irmãos, para ver quais são as chances de familiares terem a mesma profissão. O estudo descobriu que, ao menos entre os usuários estudados, a influência é diversa, dependendo da ocupação.

Por exemplo: a empresa descobriu que um pai que trabalha em Direito, seja como advogado, promotor ou juiz, tem 4 vezes mais chances de ter um filho que siga o caminho da medicina. Nessa parte do estudo, o Facebook avaliou relações diretas entre pais e filhos e mães e filhas. Na segunda parte, a relação avaliada foi entre irmãos.

Em média, 15% das pessoas acabam seguindo a mesma carreira do irmão ou irmã. Em caso de gêmeos, a tendência sobe para 24%. Avaliando apenas pessoas sem parentesco, do mesmo sexo e mesma idade, essa coincidência de escolhas atinge apenas 8%. No post original do Facebook, há gráficos interativos que mostram melhor, em cada profissão, as semelhanças entre as escolhas de parentes.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *