Feriadão da Semana Santa deixou com três mortes e 49 feridos nas rodovias federais

Três pessoas morreram e 49 ficaram feridas nos 63 acidentes nas rodovias federais que cortam o estado de Pernambuco durante o feriadão da Semana Santa. Os números fazem parte da operação realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) de quinta-feira a domingo. No mesmo período do ano passado, foram registrados 65 acidentes, com 37 feridos e o mesmo número de mortes.

Este ano, o acidente mais grave ocorreu no km 77 da BR-232, na madrugada do domingo. O motorista perdeu o controle do carro na via local de Gravatá e colidiu contra um bloco de concreto. O casal que estava no veículo morreu na hora.

Ao longo destes quatro dias, a PRF fiscalizou 3.056 veículos e 3.519 pessoas, sendo emitidas 1.017 autuações por diversas irregularidades. Além disso, foram registradas 935 imagens de veículos com excesso de velocidade e autuados 38 motoristas por ultrapassagens em local proibido. Entre as infrações, 142 foram motivadas pelo não uso do cinto de segurança, 15 pela ausência da cadeirinha para crianças e oito pela falta de capacete em motociclistas.

Também foram realizados 1096 testes com o bafômetro, resultando na autuação de 37 pessoas. Diversos comandos aconteceram em conjunto com a equipe da Operação Lei Seca, principalmente nas BRs 232, 104 e 101, que levam ao interior e ao litoral do estado.
As ações de educação para o trânsito também foram reforçadas, em especial nos municípios de Caruaru, São Caetano e Gravatá. Nesses locais, 827 pessoas foram sensibilizadas através de abordagens e palestras educativas da PRF, com o apoio do ônibus do Cinema Rodoviário.
Durante a fiscalização, também foram recolhidos 59 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs) e 59 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs). O enfrentamento à criminalidade também foi intensificado nesse período, sendo detidas duas pessoas por suspeita de assalto a um posto de combustíveis e duas com mandado de prisão em aberto.
As atividades tiveram o apoio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRAN), equipe da Operação Lei Seca (OLS), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *