Últimas

Fluxo cambial tem em fevereiro pior resultado desde dezembro de 2014

O saldo da entrada e saída de dólares do país, fluxo cambial, ficou negativo em US$ 9,294 bilhões no mês de fevereiro. É o pior resultado desde dezembro de 2014, quando houve déficit de US$ 14,050 bilhões. Os números foram divulgados pelo Banco Central.

A maior parte do resultado negativo no mês passado deve-se ao segmento financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações), com entradas menores que as saídas em US$ 11,231 bilhões.

No segmento comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações), o saldo ficou positivo em US$ 1,936 bilhão, valor insuficiente para reverter o resultado negativo do mês de fevereiro.

No mês de março até o último dia 4, o saldo está positivo em US$ 994 milhões, com o segmento financeiro positivo em US$ 1,715 bilhão e o comercial com déficit de US$ 721 bilhões.

No acumulado do ano até 4 de março, o saldo negativo do fluxo cambial ficou em US$ 6,825 bilhões. Nesse período, o fluxo financeiro registrou saldo negativo de US$ 11,395 bilhões e o comercial ficou positivo em US$ 4,570 bilhões.

Daniel Lima – Repórter da Agência Brasil
Edição: Juliana Andrade
10/03/2016

A Empresa Brasil de Comunicação é uma instituição da democracia brasileira: pública, inclusiva e cidadã. Criada em 2007 para fortalecer o sistema público de comunicação, é gestora dos canais TV Brasil, TV Brasil Internacional, Agência Brasil, Radioagência Nacional e do sistema público de Rádio – composto por oito emissoras. Estes, por sua independência editorial, distinguem-se dos canais estatais ou governamentais, com conteúdos diferenciados e complementares aos canais privados. Os veículos da EBC têm autonomia para definir produção, programação e distribuição de conteúdos.

Fonte: Rede Notícia www.redenoticia.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *