Últimas

Gabriel fala em 'guerra' com Nacional e prevê mesmo cenário na Argentina

Gabriel voltou aos gramados depois de sete meses e, como titular, viu o Palmeiras perder por 1 a 0 para o Nacional na estreia do técnico Cuca. O volante lamentou muito o resultado em Montevidéu e classificou o duelo como uma guerra.

“Não criamos muito, temos condições de fazer mais. Eu individualmente senti muito o cansaço. É difícil, ainda mais numa guerra dessa. Perdemos em casa e em Libertadores e isso não pode acontecer. Temos de recuperar fora e vencer lá o Rosario”, disse o jogador.

O volante exaltou o retorno aos campos em um jogo tão importante e prometeu estar em melhores condições físicas no próximo dia 6, contra o Rosario Central, na Argentina. “Foi gratificante voltar em uma decisão como essa. Serve de lição para a outra guerra na Argentina. Estarei bem melhor que hoje”, afirmou.

Gabriel atuou por 77 minutos e foi substituído por Barrios na metade do segundo tempo. Àquela altura, o Palmeiras já perdia por 1 a 0 — o gol uruguaio foi marcado pelo atacante Nico López, aos cinco da etapa final. 

Com a derrota fora de casa nesta quinta-feira, o Palmeiras caiu para a terceira colocação do Grupo 2, com quatro pontos em quatro jogos. O líder da chave é o Nacional, que soma oito pontos. O Rosario vem em seguida, com sete. O último colocado é o River, com dois pontos.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *