Giorgio Armani para de usar pele de animais em suas coleções

Preocupado com as “críticas das associações de proteção do ambiente e dos animais” , Giorgio Armani oficializou sua decisão: não usará mais peles verdadeiras em suas coleções.

O criador italiano cedeu à longa pressão dos ambientalistas e defensores dos animais e garantiu:

“As novas tecnologias existentes no mercado fazem com que o uso de práticas cruéis para com os animais seja desnecessário”.

Já a partir da coleção outono/inverno 2016, todo o grupo Armani passará a seguir esta nova medida, que inclui também toda a linha de decoração da marca.

A Humane Society Internacional elogia a opção e considera que a mensagem é “provavelmente, a mais poderosa até agora, contra os maus tratos aos animais, vinda do mundo da moda”.

Algumas outras marcas famosas internacionalmente, como Calvin Klein, Hugo Boss, Tommy Hilfinger e Ralph Lauren, afirmaram, há um bom tempo, que só utilizam produtos sintéticos em suas criações.

Tudo sobre o mundo dos famosos, novelas, festas e TV, você encontra em O Fuxico!

Fonte: OFuxico.com.br
Matéria Originalmente postada pelo site O Fuxico

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *