Últimas

Giro UOL traz os destaques da noite desta segunda, 28/03, para você; ouça

Votos livres

Aliado do governo, o PSD resolveu liberar os deputados do partido para votar como quiserem no impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara. O PP, que comanda o Ministério da Integração, já cogita também a liberação dos parlamentares.

A decisão do PSD foi tomada um dia antes da reunião do diretório nacional do PMDB, que acontece amanhã e deve aprovar o rompimento do partido com o governo.

Leia mais

Crise política

Com o iminente desembarque do PMDB do governo, o Palácio do Planalto tenta, agora, esvaziar a reunião do diretório do partido amanhã. A estratégia de Dilma e ministros é tentar deslegitimar o encontro com a ausência de caciques da sigla, como José Sarney e o presidente do Senado, Renan Calheiros.

Para assessores de Dilma, cerca de 500 cargos podem entrar em negociações se todos os peemedebistas decidirem seguir a decisão do partido.

Leia mais

Aceita ser conselheiro

Lula afirmou hoje que aceita participar das decisões do governo mesmo como conselheiro. A ideia é um “plano B” do ex-presidente, que está impedido de assumir o Ministério da Casa Civil devido a uma batalha judicial.

Em entrevista para a mídia internacional, Lula ainda acusou a oposição de impedir que a presidente Dilma governe e a mídia de tentar criar um clima de ódio no país.

Leia mais

Lista da Odebrecht chega ao STF

O juiz Sergio Moro enviou ao Supremo Tribunal Federal a planilha da Odebrecht que lista os políticos que teriam supostamente recebido propina da empresa. O documento foi apreendido na 23ª fase da operação Lava Jato.

Moro afirmou no despacho que “o ideal seria antes aprofundar as apurações para remeter os processos apenas diante de indícios mais concretos de que esses pagamentos seriam também ilícitos”.

Leia mais

Na mira do MP

O Ministério Público Estadual abriu investigação contra Marco Antônio Ricciardelli, o Marquito (PTB), que é vereador em São Paulo. Ele é suspeito de obrigar funcionários do gabinete dele a devolver parte dos salários.

Em conversa informal com a reportagem o parlamentar negou as acusações. Marquito é conhecido por ser o humorista do programa do Ratinho, no SBT.

Leia mais

Início da semana

A Bolsa fechou em alta de 2,38%, com 50.838,23 pontos. Com isso, o índice Ibovespa acumula alta de 18,8% no mês e de 17,27% no ano. Hoje os investidores continuavam atentos ao cenário político brasileiro. Além do PMDB do RJ, que decidiu romper com o governo federal, amanhã o partido tem marcada uma reunião nacional para discutir o apoio ao Planalto.

No mercado de câmbio, o dólar teve queda de 1,51%, cotado a R$ 3,626.

Leia mais

Financiamento da casa própria

Pela primeira vez no ano, a Caixa elevou os juros do financiamento da casa própria com recursos da poupança. A última alta tinha sido em outubro do ano passado. O reajuste deve ser seguido pelos outros bancos, já que a Caixa serve como referência por ser o principal financiador de imóveis do país.

A alta pode chegar a até 12%, dependendo do valor do imóvel e das condições do financiamento.

Leia mais

Recall na Citroën

Motoristas, tenham atenção. A Citroën do Brasil anunciou o recall de 8.329 unidades do hatch C3 fabricadas entre 2 de março e 1º de outubro de 2015.

O motivo é uma falha na montagem e fixação do para-brisa dianteiro. O agendamento para reparo já está liberado nas concessionárias. Outras informações podem ser obtidas no site da montadora, www.citroen.com.br, ou pelo telefone 08000 011 8088

Leia mais

Tiros assustam EUA

Os Estados Unidos chegaram a fechar hoje a Casa Branca e o Capitólio, em Washington, depois de relatos de tiros na área de visitantes na sede do Congresso do país. Os locais já foram reabertos.

De acordo com a rede de televisão CNN, o atirador tentou passar com a arma pelo detector de metais quando foi impedido pelo alarme. Autoridades disseram que o homem foi ferido e está detido. Um policial e uma mulher também se machucaram no incidente.

Leia mais

Dunga preocupado

O Brasil vai sofrer para se classificar ao Mundial de 2018. Essa afirmação partiu do próprio técnico Dunga, em entrevista coletiva concedida hoje.

Dunga disse que é difícil imaginar um cenário com o Brasil conseguindo uma vaga com antecedência para a Copa, já que o nível das outras seleções aumentou. Amanhã a seleção enfrenta o Paraguai, às 21h45, e você acompanha cada detalhe no aplicativo Placar UOL.

Leia mais

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *