Últimas

Higuaín garante vitória do Napoli e mantém distância de 3 pontos para a Juve

(Atualiza com resultados de Lazio e Atalanta, e Palermo e Napoli).

Roma, 13 mar (EFE).- Com gol do atacante argentino Gonzalo Higuaín, de pênalti, o Napoli venceu fora de casa o Palermo por 1 a 0, neste domingo, e voltou a ficar três pontos atrás da Juventus, no encerramento da 29ª rodada do Campeonato Italiano, em dia de vitória da Roma, e de tropeços de Fiorentina e Milan.

O goleador balançou as redes aos 23 minutos do primeiro tempo, chegando a 27 gols na competição. O vice-artilheiro é um compatriota do camisa 9 do time do sul do país, Paulo Dybala, da Juventus, que marcou 13 vezes a menos.

O volante Allan foi o único brasileiro em campo, atuando por 90 minutos, enquanto os goleiros Rafael e Gabriel, companheiros do ex-Vasco no Napoli, não saíram da reserva, assim como o zagueiro Thiago Cionek, do Palermo, 17º na tabela, com 27 pontos.

Com a vitória, o time comandado por Maurizio Sarri chegou aos 64 pontos, voltando a ficar três atrás a Juve, e cinco a frente da Roma, terceira colocada. A equipe da capital venceu a oitava seguida no Italiano neste domingo, em duelo com a Udinese, em casa, que teve placar de por 2 a 1.

O bósnio Edin Dzeko, aos 14 minutos do primeiro tempo, e o meia Alessandro Florenzi, aos 29 da etapa complementar, marcaram os gols do time da capital. O volante português Bruno Fernandes descontou nos instantes finais da partida.

Com a vitória, a Roma, dos laterais Maicon e Emerson, que ficaram os 90 minutos no banco de reservas, chegou aos 59 pontos.

A Udinese, que contou com os zagueiros Danilo e Felipe, e o volante Edenílson, além do atacante Ryder Matos, que entrou na etapa complementar, segue com 30 pontos, ocupando a 16ª posição, apenas quatro pontos acima da zona de rebaixamento.

A Fiorentina, por sua vez, vacilou em casa e apenas empatou com o lanterna Verona em 1 a 1, chegando assim aos 54 pontos e recuperando a quinta posição perdida ontem para a Inter de Milão, que passou pelo Bologna por 2 a 1.

O atacante argentino Mauro Zárate abriu o placar aos 40 minutos do primeiro tempo, mas os anfitriões permitiram que o último colocado se recuperasse e buscasse a igualdade aos 41 da etapa final, com gol do lateral-direito italiano Eros Pisano.

Mais cedo, no primeiro dos jogos de hoje, o Milan empatou, fora de casa, com o Chievo, em 0 a 0. Com o resultado, os ‘rossoneros’ ficam na sexta colocação, com 48 pontos, seis atrás de Fiorentina e Inter de Milão, ou seja, distante da zona de classificação para a Liga Europa.

Para piorar a situação, a equipe dos brasileiros Alex e Luiz Adriano – o primeiro foi titular e o segundo entrou na etapa final – perdeu aos 19 minutos de jogo o goleiro Gianluigi Donnarumma, que recebeu uma pancada na cabeça em um choque com Fabrizio Cacciatore. Menos mal para a equipe milanesa que Cristian Abbiati entrou bem na partida e fez três defesas decisivas antes do intervalo.

O Chievo, com o resultado, e manteve no meio da tabela, em décimo, agora com 35 pontos.

A Lazio, por sua vez, passou pela Atalanta por 2 a 0, em casa, com dois gols do atacante alemão Miroslav Klose, e com isso chegou aos 41 pontos, seguindo na oitava colocação na tabela do Italiano. O zagueiro Maurício e o meia Felipe Anderson ficarma 90 minutos em campo pelo time da capital, assim como Rafael Tolói, na equipe visitante.

O Genoa, por sua vez, conquistou importante vitória na luta contra o rebaixamento, ao bater de virada o Torino por 3 a 2, em casa. Ex-jogador do time grená de Turim, Alessio Cerci marcou duas vezes, assim como Ciro Immobile, mas Luca Rigoni definiu o placar.

Em casa, o vice-lanterna, Carpi, bateu o antepenúltimo colocado, Frosinone, por 2 a 1. Raffaele Bianco e o holandês Jonathan De Guzmán marcaram para os anfitriões, e Federico Dionisi descontou para os visitantes.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *