Hollande se opõe a concessões em direitos humanos à Turquia

Paris, 12 Mar 2016 (AFP) – A França se opõe a qualquer concessão à Turquia em matéria de direitos humanos, ou da liberalização de vistos de estadia para os turcos na União Europeia (UE), em troca do controle dos fluxos migratórios – declarou o presidente francês, François Hollande.

“Não deve haver qualquer concessão em matéria de direitos humanos, ou de critérios de liberalização de vistos”, defendeu Hollande, em conversa com a imprensa, antes do reinício na semana que vem, em Bruxelas, das negociações entre União Europeia e Turquia sobre a crise migratória.

Hollande disse ainda que essa política de rigor deve se estender, inclusive, “às negociações iniciadas há anos” para uma adesão da Turquia à UE.

“Temos de trabalhar de forma que os princípios sejam bem claros para que as medidas sejam as mais em consonância com nossos valores e as mais eficazes”, insistiu.

O presidente francês falou com os jornalistas após um encontro com 15 dirigentes social-democratas europeus no Palácio do Eliseu.

Atualmente, a Turquia acolhe cerca de 2,7 milhões de refugiados sírios.

O projeto de acordo UE-Turquia sobre os imigrantes levanta preocupações quanto à sua possível incompatibilidade com os direitos humanos. O texto começou a ser rascunhado na primeira cúpula entre o bloco de 28 países e Ancara, em 7 de março passado.

ha/ic/bpi/zm-jz/meb/tt

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *