Homem detido na França foi condenado em julho por atentados de Paris

O suspeito detido na quinta-feira na França por planejar um ataque no país havia sido condenado à revelia em julho, em Bruxelas, com Abdelhamid Abaaoud, suposto mentor dos ataques de 13 de novembro na capital francesa, em um julgamento contra os membros de uma rede extremista, informou a polícia.

A prisão deste homem, identificado como Reda K., de nacionalidade francesa, permitiu “desbaratar um projeto avançado de atentado na França”, declarou o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve.

Depois da prisão de Reda K., a polícia revistou um apartamento nos arredores de Paris, onde encontrou uma pequena quantidade de explosivos.

Reda K. foi condenado a 10 anos de prisão à revelia por pertencer a uma rede de recrutamento islamita para combater na Síria.

“Neste momento, não há provas tangíveis ligando este projeto com os ataques de Paris e de Bruxelas”, afirmou na quinta-feira o ministro Cazeneuve.

O belga-marroquino Abdelhamid Abaaoud, suposto mentor dos ataques jihadistas que deixaram 130 mortos em Paris, em 13 de novembro, havia sido condenado a 20 anos de prisão.

Abaaoud morreu em 18 de novembro, em uma operação policial em um subúrbio ao norte de Paris.

No total, 28 pessoas foram condenadas em 29 de julho de 2015 no julgamento da rede dirigida por um habitante de Bruxelas, Khalid Zerkani.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *