Últimas

Inauguração do Compaz Governador Eduardo Campos dá início às comemorações do aniversário do Recife

O Centro Comunitário da Paz Governador Educardo Campos (Compaz) abriu hoje suas portas à comunidade do Alto de Santa Terezinha, no dia do aniversário dos 479 anos da cidade do Recife. Com uma área construída de 13.100 metros quadrados, o equipamento possui diversos serviços para atender mais de 220 mil pessoas que moram na Zona Norte da cidade (RPA2). O Compaz vai funcionar de terça a domingo, sendo de terça a sexta, das  9h às 18h, e aos sábados e domingos, das 9h às 13h. Às segundas será fechado para limpeza e manutenção.

O espaço de cidadania e promoção de Cultura de Paz, no Alto de Santa Terezinha, vai oferecer quatro mil vagas para atividades esportivas e de cidadania, que poderão chegar a 40 mil atendimento por mês. Oito escolas do Recife, em um raio de 500 metros, serão beneficiadas com o novo equipamento. Os alunos e a comunidade poderão usufuir da estrutura com biblioteca, dojô, atividades esportivas e culturais; Procon, mediação de conflitos; atendimento especializado às mulheres vítimas de violência, sala do empreendedor, atividades, oficinas cidadãs, aula de inglês, espanhol e reforço escolas (Português e Matemática) e práticas integrativas (Tai chi chuan, ioga, biodança, meditação) estão entre as atividades do centro.

A secretaria de Educação do Recife selecionou quatro turmas de 3º e 5º ano, que têm apresentado dificuldade de aprendizado para às aulas de reforço. O centro atuará em parceria com empresas e instituições no atendimento e desenvolvimento cidadão dos moradores da região, diminuindo o custo para a administração municipal. Entre os parceiros do Compaz estão a Fundação Bernard Van Leer, Fundação Itaú, Grupo Parvi, Instituto Cervantes, British Council, Livraria Cultura, Secretaria de Educação de Pernambuco, Sesc, Fundação Gilberto Freyre, Conservatório Pernambucano de Música, Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e diversas secretarias municipais.

De acordo com o prefeito do Recife, Geraldo Julio, o Compaz foi concebido sob a ideia de oferecer o melhor para os mais pobres. “O objetivo é garantir inclusão social, cidadania, fortalecimento comunitário e difusão da Cultura da Paz”.

Foram adquiridos R,2 milhões, dos quais R milhões foram da Prefeitura do Recife e R$ 8,2 milhões do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM-PE). Os alunos da rede municipal e estadual também serão beneficiados com o Compaz, beneficiando nove unidades de ensino.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *