Últimas

Instagram vai exibir publicações fora de ordem como o Facebook

O Instagram anunciou novas mudanças. O aplicativo passará a apresentar publicações fora da ordem cronológica, destacando primeiro um algoritmo julgar mais interessante para você, similar ao que o Facebook faz com o feed de notícias. A empresa diz que a mudança começará a valer nos próximos meses.

Ao contrário do Facebook, no entanto, o Instagram promete que não vai esconder nenhuma publicação, e apenas irá mostrá-las em uma ordem diferente. Segundo o Instagram, a medida veio porque as pessoas não veem, em média, 70% de seus feeds, e assim elas acabam perdendo os momentos mais importantes de seus amigos na rede social.

Este filtro será feito com base nos seus interesses e na probabilidade de você se interessar no conteúdo publicado, no relacionamento que você tem com a pessoa que está publicando a imagem e o momento em que a foto ou vídeo é publicado.

“Isso significa que se o seu músico favorito compartilhar um vídeo do show da noite passada, a publicação estará esperando por você quando acordar, independentemente de quantas contas você segue e em qual fuso horário vive”, explica o Instagram, indicando também que você não deve perder os posts de seus melhores amigos.

Esta é uma tendência que tem se tornado a norma entre as redes sociais. O Twitter também anunciou um algoritmo para privilegiar o conteúdo mais interessante em vez da ordem cronológica, e agora o Instagram segue o mesmo caminho, para tristeza de quem prefere as publicações na ordem de postagem. Para as empresas, exibir os posts fora de ordem também facilita a inserção de anúncios, fazendo-os ficar menos “fora de lugar” na timeline dos usuários.

O Instagram ainda está em fase de testes com este novo algoritmo, e apenas uma pequena porcentagem dos usuários serão atingidos pela mudança inicialmente, para ver como eles reagem a isso e seus comentários. Se tudo der certo e os testes ocorrerem como planejado, todos deverão receber a novidade nos próximos meses.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *