Justiça paralisa obras de nova quadra do complexo de Roland Garros

Paris, 24 mar (EFE).- O Tribunal Administrativo de Paris ordenou a paralisação das obras de construção de uma nova quadra no complexo de Roland Garros no histórico jardim de Auteuil, informou nesta quinta-feira a Federação Francesa de Tênis (FFT) em comunicado.

Essa nova quadra, com capacidade futura para 5 mil espectadores, foi uma das maiores dores de cabeça da FFT, pois seus críticos consideram que as obras não deveriam afetar o vizinho Jardim de Estufas, um espaço criado em 1897 por Jean Camille Formigé e registrado como patrimônio natural.

Em 18 de dezembro do ano passado, o Tribunal de Grande Instância de Paris, havia ordenado a paralisação das obras por três meses.

A FFT tinha se preparado para esta nova proibição e disse em comunicado que entrou com um recurso.

A entidade ressaltou que as estufas não serão destruídas e que vai zelar por sua preservação. Além disso, criticou que os opositores ao projeto se mantenham focados em “alternativas que se revelaram como falsas boas ideias de um ponto de vista operacional, jurídico, meio ambiental”.

“A FFT lamenta profundamente que de novo (…) a indispensável modernização do complexo se veja desacelerada”, acrescentou a entidade.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *