Últimas

Lendas brasileiras do Barcelona destacam legado de Cruyff

São Paulo, 24 mar (EFE).- Craques com passagens marcantes pelo Barcelona nos últimos 24 anos, Romário, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho lamentaram nesta quinta-feira nas redes sociais a morte de Johan Cruyff, ídolo do clube como jogador e técnico.

“Ele foi, sem dúvida, o melhor treinador que tive, seus ensinamentos serão eternos na minha vida”, escreveu Romário em sua página oficial no Facebook.

“Ele se foi precocemente, mas seu legado para o esporte fica. Hoje o futebol perde um de seus maiores ícones e eu perco um amigo”, acrescentou o Baixinho, que foi comandado pelo holandês no Barça entre 1993 e 1995.

Romário também lembrou que Cruyff “era uma pessoa justa” e que o “desafiava muito como jogador” porque “seu objetivo era colher bons resultados para a equipe”.

“(Cruyff) sabia como poucos valorizar e explorar o que cada membro da sua equipe tinha de melhor e ele sabia que minha habilidade era fazer gols”, disse.

“Descanse em paz, mestre Cruyff. Que Papai do Céu conforte a família”, finalizou.

No Instagram, Rivaldo também expressou seu pesar pela morte do holandês.

“Dia muito triste para o Esporte mundial, Johan Cruyff sempre será lembrado por todos nós e principalmente para quem gosta de Esporte. Que Deus possa confortar toda a família”, afirmou.

Por sua vez, Ronaldinho Gaúcho se referiu a Cruyff como uma “eterna lenda” e afirmou em sua conta de Facebook que “trajetória como jogador e treinador irá permanecer eternamente na história do futebol”.

Cruyff, considerado um dos melhores jogadores e técnicos da história, faleceu hoje em Barcelona aos 68 anos, após meses de luta contra o câncer.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *