Últimas
20160328164142568127e

Mais de 10 mil soldados russos serão condecorados por guerra na Síria

O presidente russo, Vladimir Putin, em Moscou, no dia 23 de março de 2016. Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP
O presidente russo, Vladimir Putin, em Moscou, no dia 23 de março de 2016. Foto: Kirill Kudryavtsev/AFP

O Ministério russo da Defesa encomendou 10.300 medalhas para condecorar militares que participaram da operação realizada pela Rússia na Síria – de acordo com um contrato publicado on-line pela respectiva pasta.

Ao custo de 2,2 milhões de rublos (28.900 euros), essas medalhas mostram a magnitude da operação lançada pela Rússia em 30 de setembro na Síria.

O Kremlin nunca informou sobre o número de militares estacionados no terreno, embora tenha reconhecido a presença em terra de unidades das forças especiais. A isso, somam-se tripulações aéreas e de unidades navais.

Jornalistas da AFP observaram soldados russos em posições de artilharia perto da cidade antiga de Palmira, recuperada no domingo pelas forças do governo sírio.

Segundo fotos divulgadas nas redes sociais, um navio de guerra e aviões militares foram gravados na medalha, que tem as fronteiras da Síria ao fundo.

Os soldados condecorados vão receber esta medalha por “participação na operação militar na Síria”, segundo a mesma fonte.

Cinco militares russos morreram na Síria desde o início da campanha aérea, segundo informações oficiais.

O presidente Vladimir Putin anunciou em 14 de março a retirada da maior parte das tropas russas em atuação na Síria.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *