Marina Silva defende, em nota, apoio à livre manifestação

A Rede Sustentabilidade reforçou, em nota publicada pela ex-senadora Marina Silva em seu perfil no Twitter, apoio ao direito de livre manifestação de ideias e ao aprofundamento das investigações da Operação Lava Jato. “Quanto mais evidentes os indícios de que a corrupção da Petrobras foi a base financeira da campanha do PT-PMDB, maior o imperativo ético de uma resposta via Tribunal Superior Eleitoral (TSE)”, destacou o partido a respeito da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer nas eleições de 2014.

Afirmou ainda que o impeachment não é um “golpe” e que o julgamento da ação de impugnação de mandato eletivo movida contra Dilma e Temer é a única forma de evitar que o País seja “entregue” a um partido que está “igualmente” envolvido com a corrupção, referindo-se ao PMDB. Ainda sobre as manifestações contra o governo federal realizadas em todo o Brasil, a Rede lembrou que a “livre manifestação de ideias é garantida pela Constituição”.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *